CIDADE X – TUSAYAN – A cidade do Grand Cannyon

Na verdade pouco temos a falar do Gran Canyon, pois não há foto, vídeo ou texto que consiga expressar o que é o Gran Canyon!

A viagem para Tusyan é tranquila e com belas paisagens. A cidade é pequena e vive exclusivamente em função dos turistas que chegam lá a procura das belezas naturais do Gran Canyon.

Chegamos no parque ecológico por volta das 13 horas e ficamos até as 21 horas mais ou menos, o preço por carro é $ 30,00 e dá direito a sete dias de entrada no local. Você pode também optar por um pacote de 30 dias de entrada, que é vendido também na entrada do parque.

Altitude em metros, marcado no precipício do Gran Canyon.

Existem três grandes estacionamentos e vários prédios e o que mais importa para os turistas é o Centro de Turistas – óbvio! Lá recebemos informações sobre o que visitar no parque e por onde começar.

Como tínhamos a tarde toda, a atendente nos indicou uma caminhada de pouco mais de duas milhas, margeando o abismo formado pelas paredes do Gran Canyon e lá fomos nós!

O parque tem uma estrutura totalmente voltada para os turistas, inclusive com um hotel muito bonito, onde almoçamos as quatro da tarde! – vida de turista é difícil.
Uma das atrações do parque, que é aguardada pela maioria dos visitantes é o por do sol e como os outros, nós também estávamos lá. Se você quiser uma mesa no restaurante do hotel, com vista para o espetáculo, você tem que reservar antes, do contrário não consegue.

Esperando o pôr-do-sol.

O parque se encontra em plena reserva florestal e é habitado por várias espécies animais, inclusive os castores, ficam correndo tranquilamente entre os turistas, que começam a fotografar como malucos quando eles dão o ar de sua graça.

Presenciamos o milagre diário que o sol, em contraste com o Gran Canyon, oferece todos os dias aos visitantes do parque e rumamos para o estacionamento onde estava nosso carro, no caminho cruzamos com um grupo de pessoas, conduzidas por um guia do parque, que estavam iniciando um passeio noturno pelas trilhas. Não acompanhamos eles, mas achamos muito legal.

O parque já estava escuro e ele não é muito bem iluminado, acho que fazer um pouco o clima selvagem do local. Quando fomos para estacionamento não encontramos o carro, pois a paisagem do momento que chegamos – com luz solar e pátio lotado, mudou muito. Agora estávamos apenas com a luz de uma lua no quarto minguante e do flash do celular. O resultado foi que andamos pelos três estacionamentos e depois de uns quarenta minutos encontramos o carro.

O que me consola um pouco é que haviam várias outras pessoas, que como nós, não sabiam onde haviam estacionando seu carro. Faz parte da viagem perder o carro no meio da floresta. SQN!

Encontrado o carro, o outro problema foi sair do parque, que é enorme. Sinal de internet não chega lá, já não haviam tantas pessoas nas ruas e as que nós perguntamos, também não sabiam a direção da saída. Lá se foram mais uns trinta minutos andando de carro na floresta!

Então lá vão duas dicas, caso você queira ficar no parque para ver o pôr-do-sol: a) leve um mapa, pois não há sinal de internet, ou já deixe o caminho de volta para o hotel baixado no aplicativo do celular  (Google Maps ou Wase); b) coloque seu carro em um lugar de fácil acesso e memorize o local, isso pode de poupar muito tempo e pernada.

Mas como sempre costumamos dizer: Viajar é ir de encontro ao inesperado! Valeu a pena cada segundo gasto no Gran Canyon, se você tiver a oportunidade de conferir pessoalmente esse espetáculo da natureza, não perca a chance, vá!

Partiu Los Angeles!

Já que você nos acompanhou em nossas histórias até aqui, aproveite e faça sua inscrição no Blog, assim você não perde nada, recebe todas as publicações por e-mail. #eduardo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s