CIDADE VII – SAN ANTÔNIO 

San Antonio é uma grande cidade, bem organizada, bonita e com várias atrações turísticas. Esta cidade foi palco de uma história de muito orgulho e bravura do povo texano e por sua vez, uma história de luta por liberdade do povo americano.

Fizemos a pesquisa de sempre sobre a cidade, sua história e pontos turísticos e o principal local turístico é um sítio histórico chama do de Alamo e Tower of América.

Nos dirigimos para lá, onde encontramos um centro de informação turística e tivemos informação sobre um passeio de barco pela cidade, sobre o ônibus turístico e sobre um pacote que você comprar para essas três atrações que sai mais em conta.

Como o sol estava muito forte não tivemos coragem de fazer o passeio no segundo piso. Na verdade acho que o passeio de ônibus e dispensável nessa cidade, não há muita coisa interessante. Demos muita sorte que o motorista era muito divertido e tinha um inglês compreensível.

Descemos do ônibus e fomos para o rio, onde faríamos o passeio de barco pela Riverwalk, esse sim é um passeio imperdível, pois passa por locais muito bonitos.

Este rio já causou enchentes trágicas e quase foi acimentado por completo pela prefeitura, mas depois de muitos protestos ele acabou sendo transformado na segunda maior atração turística da cidasde, a Riverwalk. Obras de contenção e represas para lidar com as cheias foram feitas e suas margens foram transformadas em calçadões com jardins, restaurantes e lojas e é neste lindo cenário que o barco passa calmamente.

Aproveitamos a variada praça de alimentação que fica próximo do local onde o barco termina o percurso e almoçamos no Hard Rock Cafe da cidade. Comida boa, cerveja gelada, ar condicionado e boa música, combinação perfeita.

THE ALAMO 

Se você quer entender a bravura e o espírito de liberdade dos texanos, você tem que conhecer este lugar, que a princípio é até simples, com construções históricas rústicas, mas muitíssimo rico de histórias reais e heróicas. 

The Alamo foi a mais famosa das missões espanholas, símbolo do Texas, é relativamente pequena, tem um jardim lindo e fica bem no centro da cidade. Foi onde menos de 200 texanos lutaram contra o exército espanhol, muito mais numeroso, em 1836 pela independência do Texas, numa batalha que durou 13 dias, e na qual todos os defensores do Álamo foram mortos. Eles viraram mártires, claro, e vem daí o grito de guerra “Remember the Alamo” (lembre-se do Álamo) usado em batalhas seguintes pelos texanos.
A lojinha de souvenires e um filme, que explica o que houve naquelas velhas paredes de pedra, devem ser obrigatoriamente vistos. A lojinha é muito legal, compramos vários coisas lá.

De lá fomos de carro para a Tower of América e no caminho percebemos vários pequenos morcegos saindo de baixo de um viaduto, demos a volta para saber se era o que estávamos pensando e acertamos! Paramos o carro e ficamos apressiando a revoada de milhares de morcegos, partindo para seu passeio noturno. Infelizmente tivemos problemas com o vídeo que fizemos e sobrou apenas uma foto para compartilhamos com vocês.

TOWER OF AMERICA

Entrada da torre, que também é muito bonita!

Torre das Américas é uma torre de observação de 229 metros de altura – mil degraus – e fica situada no meio do parque de HemisFair com uma plataforma de observação que é acessível por elevador. Há também uma sala de estar e um restaurante giratório na parte superior da torre que permite vistas panorâmicos da cidade.

O andar de cima da torre possui dois ambientes, um interno – bem tranquilo, e o externo, onde corre um vento super poderoso que faz a visita ser muito mais legal. O vídeo baixo mostra o restaurante giratório e sua vista maravilhosa e o vento poderoso de San Antonio, muito muito legal!

No último dia em San Antonio, já na estrada para Phoenix – Arizona, demos uma parada na Bass Pro, que é uma loja especializada em camping, pesca, caça e armas de fogo muito famosa aqui nos EUA. 

Já havíamos visitado outras lojas desta rede em outros Estados, mas nenhuma era tão grande e com tantos itens quanto esta. Claro que fizemos algumas comprinhas.

Mas na Bass Pro não tem apenas armas de fogo, tem coisas bem legais também. 

Depois das compras seguimos para a próxima cidade, Phoenix, 1800 kilometros de deserto, montanhas, pinheiros e caquitos, Estados Unidos a dentro. Confesso que gostamos muito do Texas, foi onde comemos bem, conhecemos muita coisa que nos interessa, mas acima de tudo gostamos do jeito texano de ser, acho que nos daríamos muito bem aqui, eu e minha cowgirl. Se você leu até aqui é porque achou interessante nosso blá, blá, blá. Então aproveita e se inscreva no Blog, assim, toda nova publicação, você irá receber por e-mail, não vai perder nada!

CIDADE VI – AUSTIN

Austin é a capital do Texas e é conhecida no Estado por ser bem diferente culturalmente das outras cidades, sendo inclusive chamada de “ovelha negra”!
É uma cidade muito bonita, com prédios impressionantes, igrejas lindas, bem organizada e limpa, porém, com poucas atrações turisticas. E o clima aqui é aquele do natural do Texas – sol de rachar! Olha que nós somos de Goiânia, que também é muito quente, mas o sol daqui é dolorido!

Pesquisamos o que havia na cidade e nos apareceu o Capitólio e nada mais intetessante, então décimos visitar o local, resolvermos algumas pendências pessoais e descansar, essa vida de turista cansa!

Paramos o carro em estacionamento público que ficava próximo do correio – post Office – e do Capitólio, fomos ao correio, onde enviamos algunas cositas para o Brasil e seguimos para o Capitólio.

O prédio e imenso e muitíssimo lindo! Ficamos impressionados com a suntuosidade do local, pois é um prédio público, que aliás, estava em funcionamento, os deputados estavam em sessão, vimos de longe quando um porta se abriu para permitir a saída de um senhor de idade e de chapéu, mais texano impossível.

A visita ao local é bem rápida, tiramos algumas fotos e voltamos para onde o carro estava, bem no exato momento em que uma agente de trânsito estava lavrando uma multa, pois havíamos passado do tempo máximo de permanência naquela estacionamento, mas isso é outra história que vamos contar em outra publicação.

Voltamos para o hotel e descansamos, o trecho a ser vencido no próximo dia era longo, rumo a cidade americana que está mais próxima da fronteira com o México e onde texanos lutaram e morreram pela independência de seu estado! Aproveita e faz sua inscrição no Blog, assim, toda nova publicação, você irá receber por e-mail, não perde nada! #eduardo 

CIDADE V – HOUSTON 

“HOUSTON, WE’VE HAD A PROBLEM HERE”. É com essa frase icônica que começo a falar de Houston – Texas, onde se encontra a NASA, que é que o mais avançado centro de estudos aeroespacial do mundo.

Esta frase foi dita pelo comandante da nave espacial Apollo XIII, ao centro de comando da NASA na terra e ela seria o passo inicial de uma saga épica e desesperadora para trazer a salvo para a terra, toda equipe, já que eles estavam a deriva na órbita do planeta terra.

Houston foi a primeira cidade do Texas que paramos e na primeira noite saímos para comer algo e encontramos um bar chamado Dave & Buster’s, local muito bem decorado e anexo a ele um enorme centro de diversões eletrônicas com uma variedade muito grande de jogos. 

Eles fazem um combo de jogos com comida que sai mais em conta e no final você pode trocar os tickets* conseguidos, por prêmios da lojinha deles.

* Os tickets são bônus que você ganha em alguns jogos. Isso é algo muito comum aqui nos Estados Unidos. Eles são realmente pequenos tickets que saem da máquina, formando uma enorme fita, ou, como foi no local onde fomos, eles são depositados automaticamente como créditos no cartão que tivemos que comprar, já que os games só aceitam créditos que você coloca nos cartões.

Na segunda noite fomos a um tradicional bar texano, que iremos falar logo a frente.

NASA

Escolhemos esta cidade justamente pelo pesseio na NASA e suas atrações. Na verdade o local é um museu aberto a visitações, que tem acesso a algumas instalações da NASA, o nome do Space Center Houston, que é administrado por uma fundação, que com a ajuda do famoso designer Bob Rogers e da Disney, projetam e construíram o Centro Espacial Johnson.

O ingresso comprado não dá acesso a todas as atrações do local, algumas é preciso pagar separadamente para participar, mas vale muito a pena ir ao local. Naves espaciais reais que foram usadas nas missões estelares, filmes e aventura 4D e muita história legal sobre essa super profissão, astronauta!

Além de todas as atrações do prédio principal, ainda tem um passeio aos prédios da NASA, onde temos acesso ao centro de treinamento dos astronautas e também a foguetes gigantescos que foram lançados aos espaço. 

Realizamos um sonho, conhecer a NASA e de quebra vários outros também, do tipo conhecer um bar texano e participar da diversão que tem lá. O Texas é muito muito bom de conhecer!


BAR TEXANO!

Na segunda noite decidimos procurar um autêntico bar texano e havia um bem próximo de nosso hotel, inclusive fomos a pé, o nome dele já diz muita coisa, Wild West – Oeste Selvagem.

É muito legal ver o original estilo texano em ação. Mocinhas de bota, ponytail e de short curto. Homens de chapéu, fivela, bota e cara marenta, todos juntos fazendo performance ou dançando a dois á moda texana, girando no salão organizadamente, tal qual um baile de valsa.

E nós caímos na dança também. Primeiro eu a Rhainna, formando par e depois só ela, junto com todos, fazemos uma coreografia, que ela pegou de imediato. Meu amor é fera!

GUN SHOW

Soubemos que um Gun Show iria acontecer na cidade e claro, corremos para o local. Gun Show já é muito legal, imagina um Gun Show no Texas!

Não nos decepcionamos com o Gun Show, muitas armas sensacionais, acessórios super variados. Tinha até um Knife Show – apresentação de facas – numa sala anexa, onde a minha esposa comprou nada mais nada menos que uma espada!

Infelizmente eles não permitiram que fizéssemos vídeos ou fotos. A Rhainna que já vi que é mais “caruda” do que eu, pediu a um expositor para que ele permitisse algumas fotos. Eles reclamou e fez cara feia mas permitiu. Ela tirou quatro fotos apenas de algumas lindas pistolas modelo 1911.

Após o Gun Show pegamos a estrada e fomos para Austim, capital do Texas, mas dessa cidade falaremos na próxima publicação. Aproveita e faz sua inscrição no Blog, assim, toda nova publicação, você irá receber por e-mail, não perde nada! #eduardo